Select Page

CBCT

CBCT significa Tomografia Computorizada de Feixe Cónico.

É uma tecnologia de processamento de uma quantidade grande de imagens captadas com Raios-X em diferentes ângulos, e posteriormente calcula a imagem volumétrica 3D a partir destas projeções 2D.

 

Permite a obtenção de imagens 3D essenciais para a deteção de detalhes específicos das estruturas do paciente, muitas vezes omitidos em exames tradicionais 2D, como uma radiografia panorâmica.

 

Este exame permite-nos fazer logo na consulta o diagnóstico e o plano de tratamento completo, sem ter de se deslocar a um centro radiológico especializado.

 

O nosso equipamento combina uma imagem de tomografia computorizada, uma fotografia facial 3D e um escaneamento de modelos. Esta combinação 3D cria o paciente virtual, que nos permite simular todo o tipo de tratamentos que quisermos planear, mesmo quando o paciente não está presente na Clínica podemos continuar a trabalhar no seu caso de forma virtual com todas as referências. Conseguimos assim estabelecer um Plano de Tratamento e um Planeamento Digital, valorizando a Face e a sua dinâmica.

 

Planmeca ProFace é a primeira câmara 3D ou scanner facial integrada com Raios-X do mundo. Esta tecnologia permite tanto fazer o planeamento prévio da face, como avaliar o resultado (ou comparações pós-operatórias) e o seguimento do tratamento. É, assim, possível captar uma foto realística da face 3D e uma imagem de CBCT com uma única digitalização. Uma foto de face 3D também pode ser criada separadamente sem expor o paciente a qualquer radiação, quando não há necessidade de realizar uma Tomografia Computorizada.

 

Mais informação, menos radiação. O inovador protocolo Planmeca Ultra Low Dose permite o processamento de imagens em 3D com um dose de radiação mais baixa do que os Rx Panorâmicos tradicionais.

 

Previne erros humanos nas imagens do CBCT. O nosso equipamento tem algoritmos que permitem:

– eliminar os ruídos da imagem

– correção dos efeitos causados por pequenos movimentos do paciente

– redução de artefactos de metais (como restaurações de metal, obturações das desvitalizações, implantes ou coroas)

Tudo isto vai melhorar a qualidade do exame, da imagem final, e diminui o risco de ter de repetir o exame, protegendo os pacientes de exposições desnecessárias.

 

Qualidade e precisão da imagem: Com uma resolução a partir de 75 micras, a precisão das imagens é extraordinária. Este aspeto é de enorme importância quando lidamos com planificação cirúrgica para as quais precisamos de exatidão total da dimensão e posição das estruturas, tais como: osso alveolar, nervos e vasos

 

O doente é colocado na posição adequada, não se devendo mexer durante a realização do exame. Sendo digital, permite uma imagem com máxima definição, com um mínimo de radiação. Na Clínica SPCC temos disponível avental e gola de chumbo para sua proteção radiológica enquanto faz o exame.

 SIGA-NOS

  Instagram-08

Icon-03E.N.9 – Av. Álvaro Vaz do Urmeiro, nº 60, Loja D – 2560-200 S. Pedro da Cadeira – Torres Vedras

Icon-04 Mapa Google